top of page
Buscar
  • Grupo Saúde

9 Dicas de como ter um dia produtivo & Medicamentos para auxiliar

Se você já chegou ao fim do dia frustrada por não conseguir dar conta de tudo, respire fundo: grande parte das mulheres se sente exatamente igual. A busca frenética por como ter um dia produtivo parece ser algo inalcançável, especialmente em uma sociedade em que a carga mental é mais pesada para o sexo feminino, seja nos cuidados com a família, no trabalho ou com a casa.

Antes de buscar mil formas de dar conta de tudo que surge no dia a dia, lembre-se de que você não é uma máquina, e sim um ser humano com necessidades fisiológicas, emocionais e que está tudo bem querer descansar e não conseguir concluir a sua longa lista de afazeres.

A gente sabe que esse tema é bastante delicado e, por isso, separamos nove dicas para você ser mais produtiva (de forma saudável), mas, antes, vamos conversar um pouquinho sobre carga mental, o mal invisível que atinge mulheres do mundo todo. Continue a leitura!

Carga mental e produtividade tóxica: o que é isso? Precisamos conversar sobre carga mental e produtividade tóxica antes de avançarmos para as nossas dicas de organização. E se você está se perguntando o motivo, nós vamos explicar: é necessário que mulheres entendam alguns conceitos e o porquê de nos sentirmos tão culpadas por não sermos mais produtivas todos os dias. Sabe aquela sensação de cabeça a mil? Você até tenta descansar um pouquinho, mas logo é pega pensando no almoço do dia seguinte, nas compras do mercado, roupas para tirar da máquina, no trabalho da escola dos filhos… São tantas coisas e parece que elas nunca têm fim, não é mesmo?

Mesmo quando você vai para a cama dormir, parece que não consegue se desligar. Isso é a carga mental. E mesmo que tenha alguém que compartilhe as tarefas, sempre parece que a outra pessoa carrgea menos peso do que você. A carga mental é uma dor silenciosa, derivada de questões históricas e sociais, quando acreditava-se que todo o trabalho doméstico deveria ser unicamente feminino. Por isso, é normal que você tenha crescido acreditando que era sua obrigação resolver tudo, enquanto um companheiro, irmão, amigo ou pai descansava após um dia de trabalho. A produtividade no trabalho e na vida pessoal de forma excessiva pode gerar uma alta carga mental. Mas além da gente ainda carregar a carga mental, é comum que a produtividade tóxica venha como consequência. Esse último conceito é relacionado ao comportamento da busca sem limites por otimização de tempo, organização e de ser capaz de fazer mil coisas em 24 horas.

A professora de yoga Elys Couto, que também produz conteúdos sobre rotina e bem-estar, conta que é possível contornar a carga mental e a produtividade tóxica deixando o dia mais flexível. “Podemos evitar isso tentando entender que o nosso dia não é só sobre produtividade, mas também sobre outros momentos, como descanso e lazer. É um mix disso tudo.”

Se reconhece nesse cenário? Provavelmente sim. Mas a gente te convida a respirar fundo, a ouvir os pedidos de descanso do seu corpo e a encontrar formas equilibradas de lidar com a rotina, sem que isso seja pesado ou desgastante. Vamos lá? 1. Defina momentos para fazer o que gosta No meio da rotina, quanto tempo você dedica a atividades que realmente gosta de fazer? É comum a gente dar prioridade para os trabalhos e, nisso, deixar nossos gostos e hobbies de lado. A verdade é que você não conseguirá ser produtiva e fazer as tarefas bem se não tirar um tempinho para cuidar de si. É importante reservar umas horinhas para se dedicar ao que te faz feliz. Ler um livro, ouvir música, conversar com amigas, o que quer que seja, é essencial para cuidar da sua mente e do seu emocional, além de ajudar a desligar um pouco da rotina cheia. Elys explica que é essencial adicionarmos no nosso dia a dia atividades que gostamos, pois elas nos nutrem e nos dão forças para cumprirmos com as nossas responsabilidades. “Nosso dia não deve ser apenas feito de tarefas a serem feitas, e sim também de coisas que façam sentido para nós e de momentos de contato com você mesma”, explica. Se isso não for possível de segunda a sexta, tente nos fins de semana. O importante é colocar esse tempinho como uma prioridade e respeitar os seus momentos de individualidade. 2. Tire pequenos intervalos durante o dia A nossa segunda dica é um dos erros mais comuns que praticamos: não tirar intervalos. Quem nunca ficou trabalhando a manhã inteira sem parar? Ou não respeitou o horário de almoço? É provável que todas nós marcamos check para as duas situações. Mesmo nos dias mais cheios, é importante fazer pequenos intervalos, nem que seja de cinco a dez minutos. No trabalho, dê uma pausa, alongue-se, tome um café e feche os olhos por um momento para dar um descanso. Se isso não for possível, aproveite ao máximo o horário de almoço para descansar e se desconectar da rotina. Lembre-se de que sem descanso você não será produtiva. 3. Anote as suas tarefas para planejar a semana Planejar as tarefas é importante para organizar a semana sem cair na tentação da produtividade tóxica. Se você coloca em um caderninho ou agenda tudo o que precisa fazer, junto com os horários e a data, irá visualizar melhor o que precisa ser feito e, acima de tudo, o que dá para fazer. Saber como organizar a rotina e as tarefas é essencial. O planejamento ajuda a lidar com a ansiedade e também nos auxilia a fazer uma coisa de cada vez. “O planejamento faz muito sentido, mas deve ser apenas um guia. A gente não deve se apegar a ele com rigidez. O objetivo é que ele sirva para indicar por onde começar, para tomar uma ação e dar uma direção”, orienta Elys. A professora também explica que, ao planejarmos, devemos estar conscientes de que as coisas podem mudar ao longo do dia. Por isso, é importante entendermos que ele deve ser flexível, para acompanhar a naturalidade das mudanças que acontecem na rotina e também os nossos humores. “A partir do momento que olhamos os planos de forma mais aberta, isso é muito benéfico.” 4. Crie uma rotina Criar uma rotina diária pode ser essencial para ajudar você a ser mais produtiva. Com a ajuda da dica três, você pode planejar melhor a ordem dos acontecimentos no seu dia e, dessa forma, ficará acostumada com essa organização, o que pode ser bem confortável. É claro que para mães e pais a rotina nem sempre é tão previsível, já que muitas coisas podem acontecer com as crianças, como trabalhos da escola, dias de birra etc. Entretanto, tentar criar uma rotina pode ajudar a organizar melhor as coisas quando acontecimentos inesperados ocorrerem. Elys lembra que a rotina não deve ser algo engessado e exaustivo, e sim uma ferramenta para nos proporcionar mais liberdade e trazer espaços para fazermos aquilo que nos motiva durante o dia. 5. Divida as tarefas domésticas entre toda a família Lutar contra a carga mental é algo que está longe de ser fácil. Por isso, é essencial que todos os membros da sua família estejam envolvidos com as tarefas de casa. Se isso ainda não acontece, esse é o momento de ter uma conversa sincera para transformar esse cenário. A divisão das tarefas domésticas deve ser igual entre você e seu/sua companheiro/a e, claro, envolver as crianças também é necessário, desde que elas façam atividades que estejam de acordo com a idade e que não atrapalhem o desempenho escolar e nem os momentos de brincadeira. Com a divisão justa das tarefas, você terá mais tempo para descansar e dedicar-se a si. 6. Deixe um cardápio semanal pronto Pensar nas refeições de casa não é nada fácil, não é mesmo? Sem falar que há dias que não temos nenhuma inspiração para fazê-las. Por isso, uma boa dica é deixar o cardápio semanal estruturado, para evitar esse tempo de pensar em refeições. Mais uma vez, esse não deve ser um peso unicamente seu, e sim de todos de casa. Convide as crianças para dar ideias, chame seu/sua companheiro/a e torne esse momento uma responsabilidade de todos. 7. Entenda que você não pode abraçar o mundo Abraçar o mundo e acreditar que você é capaz de dar conta de tudo não é nada positivo para a sua saúde. É simplesmente impossível conseguir completar uma lista de tarefas gigante em apenas 24 horas, lembrando que desse horário, uma parte deve ser destinada a uma boa noite de sono. Descobrir meios de como organizar a rotina doméstica para quem trabalha fora pode ser desafiador. “Ah, mas eu conheço alguém que consegue fazer tudo”, não se compare! Cada pessoa tem a própria realidade e que, muitas vezes, em nada tem a ver com a sua. Por exemplo, não é possível igualar a vida de alguém que tem filhos com quem não tem, de alguém que conta com uma funcionária doméstica e de quem não tem, e por aí vai. Foque na sua realidade e se respeite. Organize suas tarefas, monte a sua rotina sempre de acordo com o que é possível. 8. Faça uma coisa de cada vez Acreditar que é possível fazer várias coisas ao mesmo tempo e normalizar esse comportamento não é nada saudável. Além de atrapalhar a qualidade das tarefas, esse tipo de situação irá aumentar o sentimento de sobrecarga. Como explicamos, é importante não abraçar o mundo e, por isso, faça uma coisa de cada vez e foque no momento dedicado para cada tarefa. 9. Respeite os seus sentimentos A última dica de como ter um dia produtivo é focar nos seus sentimentos. É impossível conseguir dar conta de tudo quando não se está bem. A carga mental é algo que pode gerar Transtornos Mentais Comuns (TMC) e, segundo uma pesquisa da Revista Brasileira de Epidemiologia de 2012, essa situação atinge mais mulheres. Os sintomas constantes de fadiga, esquecimento, insônia, irritabilidade, dificuldade de concentração e dores de cabeça devem ser levados muito a sério. Elys explica que, muitas vezes, nós fazemos as coisas apenas para dar check — o que não é sinônimo de trabalho bem feito. A professora também conta que quanto mais produzimos, menos descansamos. Assim como quanto menos descansamos, menos produzimos. “É preciso saber o que é possível para nós. Não adianta nos lotarmos de tarefa e não dar conta de tudo. É importante dosar, saber quais são os nossos limites e respeitar o nosso corpo e os sentimentos. Muitas pessoas apenas cumprem tarefas, dormem, acordam e repetem." O seu corpo conversa com você e, por isso, quando tiver com esses sintomas, entenda como um alerta de que um momento de pausa é necessário. Tudo bem se a sua casa não estiver perfeitamente arrumada o tempo todo ou se você precisou faltar em algum compromisso. O importante é cuidar da sua saúde para que consiga levar a sua vida e as tarefas com mais leveza. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Medicamentos que auxiliam a ter um melhor desempenho ao longo do dia! KSM 66®:

O KSM-66® através de sua capacidade de modular a função dos receptores gaba, gera uma sinalização hipotalâmica para a glândula adrenal, normalizando os níveis de produção de todos os hormônios, inclusive a testosterona. Desta forma, o paciente atinge novamente os índices normais dos hormônios sexuais, obtendo novamente todos os seus benefícios.

Em paralelo a isso, através de um mecanismo distinto, o KSM-66® é capaz de melhorar a capacidade cardiorrespiratória uma vez que é capaz de aumentar os níveis de energia mitocondrial e reduzir a atividade da enzima Mg2 ATPase, responsável pela quebra de ATP. KSM-66® tem a maior concentração de withanolides do mercado, além de ser o único que traz o doseamento de whiteferin A.

Esses compostos são potentes adaptógenos, ou seja, são capazes de aumentar a capacidade de um organismo a se adaptar a fatores ambientais normalizando os processos fisiológicos. Dessa forma, a correria do dia-a-dia e o cansaço não interferem na produção dos hormônios mantendo uma saúde equilibrada.

Benefícios:

- Alivia o estresse

- Diminui a ansiedade

- Equilibra os níveis de glicose

- É um estimulante sexual natural

- Combate o câncer

- Melhora o sistema imunológico

- Fortalece a memória

- Fornece energia para o corpo

- Melhora a qualidade do sono

- Regula a tireoide ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- ASHWAGANDHA: Withania somnifera, comumente conhecida como Ashwagandha ou Ginseng indiano, tem sido utilizada há séculos pela medicina Ayurvédica para aumentar a longevidade e vitalidade. Pesquisas mostram os seus diversos usos, considerando-o um ativo polifarmacológico, onde os seus constituintes terapêuticos promovem diversos benefícios ao organismo: atividade antioxidante, antitumoral, antiinflamatória, afrodisíaca, estimulante, imunomoduladora, antiestresse e adaptógena. Devido as suas propriedades adaptógenas, Ashwagandha tem-se mostrado eficaz no tratamento coadjuvante dos sintomas do estresse, depressão e ansiedade em indivíduos saudáveis. Devido as suas propriedades terapêuticas, ela possui excelente efeito neuroprotetor, podendo ser uma alternativa promissora para o tratamento de uma variedade de doenças neurodegenerativas tais como Alzheimer e Parkinson.

Benefícios:

- Alivia o estresse

- Diminui a ansiedade

- Equilibra os níveis de glicose

- É um estimulante sexual natural

- Combate o câncer

- Melhora o sistema imunológico

- Fortalece a memória

- Fornece energia para o corpo

- Melhora a qualidade do sono

- Regula a tireoide ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- MACA PERUANA:

A maca-peruana é nativa da região Andina do Peru, utilizada principalmente para o aumento da libido sexual, ou seja, afrodisíaco, energético, na fertilidade, e na impotência sexual, utilizada também para perda da memória, atua no tratamento da anemia, nos problemas de menstruação, na tuberculose e na menopausa, além da síndrome da fadiga crônica. Apresenta numerosas indicações como energético e restaurador físico e psicológico melhora a memória e a concentração, fortalece o sistema imunológico, reduz os sintomas da TPM, aumenta a espermatogênese.A maca é uma planta adaptógena, ou seja, restaura o equilíbrio homeostase do corpo e pode ser usada como alternativa aos esteróides anabolizantes, pois é rica em esteróis.


BENEFÍCIOS:

- Afrodisíaco

- Pode prevenir diabetes

- Auxilia na perda de peso e no emagrecimento

- Auxilia no tratamento das anemias

- Boa para o sistema cardiovascular

- Fortalece o sistema imunológico

- Alivia os sintomas da menopausa

- Auxilia no tratamento da osteoporose

- Produz bem estar ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Melatonina: A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal ou hipófise, durante a noite, para ajudar a regular o sono e a vigília. Sua produção diminui com o envelhecimento e é por isso que os distúrbios de sono são mais frequentes em idosos. A melatonina atua como mediadora entre os ciclos ambientais claro/escuro. Em humanos, a melatonina tem sua principal função de regular o sono. Ou seja, em um ambiente escuro e calmo, os níveis de melatonina do organismo aumentam, causando o sono. Outra função atribuída à melatonina é a de antioxidante, agindo na recuperação das células epiteliais expostas à radiação ultravioleta e ajudando na recuperação dos neurônios afetados pela doença de Alzheimer, episódios de isquemia cerebral e epilepsia. Acredita-se também em uma ação anti-tumora.

Benefícios: - Imunomodulatória (agindo sobre linfócitos, citocinas, entre outros) -Anti inflamatória (inibindo prostaglandinas e regulando a COX-2), -Antitumoral (inibindo mitoses e suprimindo a recaptação do ácido linoléico, regulando assim receptores de estrogênio) -Antioxidante (regulando pró-oxidantes envolvidos na síntese do óxido nítrico e lipoxigenases) -Cronobiológica (regulando os ritmos biológicos) ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Referência Bibliográfica: www.infinitypharma.com.br Fonte: Farmácia João Falcão

15 visualizações0 comentário

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page