top of page
Buscar
  • Grupo Saúde

10 Dicas para controlar o diabetes & Medicamentos que auxiliam


Mais comum do que se imagina, o diabetes é uma doença que atinge adultos e crianças e traz muitas preocupações.Pensando nisso, resolvemos trazer um conteúdo com dicas para você controlar a doença e viver bem.


O que é?


Diabetes é uma doença crônica caracterizada pelo aumento de açúcar no sangue


Tipos de diabetes:

Na maioria dos casos, a diabetes acontece no decorrer da vida, conhecida como diabetes tipo 2, consequência principalmente dos maus hábitos alimentares, mas também pode surgir desde o nascimento.Esse é o caso do diabetes tipo 1.


Além dos tipos 1 e 2, tem também a diabetes gestacional, que aparece durante a gravidez e o pré-diabetes, que é quando o nível de açúcar no sangue está alto, mas ainda não atingiu o nível para se considerar uma pessoa diabética, propriamente dita.


“No início, geralmente, não tem sintomas. A alteração da glicemia vai acontecendo e depois de anos é que os sinais vão surgindo”, ressalta a endocrinologista Rebeca Pinheiro


Sintomas do diabetes:

  • Perda de peso

  • Urina constante

  • Sensação de muita fome

  • Muita sede

  • Vista embaçada

  • Feridas com dificuldade de cicatrização

  • Infecções de pele

  • Problemas vaginais

Fatores de risco:

  • Má alimentação

  • Sedentarismo

  • Fatores genéticos

  • Obesidade

  • Aumento da circunferência abdominal

  • Idade aumentada

  • Pressão alta

  • Colesterol

  • Diabetes gestacional

  • Ovários policístico

Para controlar o diabetes:


1 - Tenha uma alimentação saudável


A alimentação é fundamental no controle da doença. Diabéticos devem consumir alimentos ricos em fibras, frutas como morango, melão e abacate, por exemplo, vegetais frescos e cereais integrais. Quanto menos ingestão de açúcar, melhor.


2 - Evite ficar muito tempo sem comer


Os diabéticos não devem passar mais de 3 horas sem se alimentar. Quando isso acontece, há grandes chances do diabetes desregular e acontecer uma hipoglicemia, queda de açúcar no sangue, que pode levar a perda de consciência e até estado de coma. O indicado é se fazer de 4 a 6 refeições por dia, com intervalo de 2 a 4 horas para evitar a hipoglicemia


3 - Mantenha seu peso ideal


Manter o peso ideal de acordo com os padrões de idade, sexo e altura é importante para regular a glicemia. Pessoas com diabetes e sobrepeso ou obesidade podem ter o controle da glicemia prejudicado, por causa da diminuição da captação de glicose pela insulina, além de apresentarem mais riscos para doenças do coração e acidente vascular cerebral (AVC).


4 - Não fume


A nicotina pode alterar os níveis de glicose no sangue e dificultar o controle da diabetes


5 - Mantenha a pressão controlada


Diabetes e pressão arterial tem uma relação importante. Com o passar do tempo a diabetes deixa as artérias do corpo mais enrijecidas e se a pressão arterial não estiver controlada, há chances de desenvolver pressão alta, o que aumenta a possibilidade de AVC também.


6 - Diminua a ingestão de bebida alcóolica


Consumir álcool em excesso pode causar hipoglicemia ou hiperglicemia por causa da sobrecarga do fígado, responsável por controlar o açúcar no sangue, que neste caso, também metaboliza o álcool.


7 - Evite doces


O consumo de doces podem aumentar a glicemia, desregulando e aumentando assim os riscos de complicações do diabetes. O melhor é não comer doces, mas caso coma, a recomendação é que seja após uma refeição salgada.


8 - Anote os valores da glicemia


Anotar os valores verificados da glicemia antes e depois das refeições. Isso pode ajudar a perceber quais alimentos podem ser consumidos sem trazer riscos à saúde e os que devem ser evitados


9 - Evite comer algumas frutas isoladamente


Evite frutas com alto teor de carboidratos como caqui, figo, fruta do conde, mamão e frutas secas, por exemplo. Aposte em frutas que se pode comer a casca ou o bagaço e as ricas em fibras, como tangerina, maçã, pera, kiwi e laranja. A fibra das frutas reduz a velocidade com que o açúcar da fruta é absorvida no organismo e isso ajuda a manter controlados os níveis de glicose no sangue.


10 - Pratique atividade física regularmente


O hábito dos exercícios físicos ajuda a diminuir os níveis de gordura no sangue, controla o peso, melhora a circulação sanguínea, e ainda ajuda no melhor fluxo de sangue para o coração. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Alguns Medicamentos que Auxiliam: VANÁDIO QUELATO: O nome vanádio foi dado por Sefstrom, em homenagem à deusa da beleza (Vanadis), pelo fato de os compostos de vanádio apresentarem belas tonalidades. O vanádio foi descoberto por Andrés Del Rio, em 1830, que primeiramente o denominou eritrônio. A quantidade de vanádio presente no corpo humano é cerca de 30mg, distribuídos principalmente pelo tecido adiposo. O Dr. Klaus Schwarz, um dos maiores estudiosos dos elementos-traço, indica como um a das funções do vanádio seu importante papel no crescimento e na mineralização óssea, na higidez das cartilagens e na proteção contra as cáries.

BENEFÍCIOS:

- Ajuda a controlar o açúcar no sangue

- Pode prevenir o câncer e osteoporose

- Auxilia no ganho de massa muscular

- Fortalece os ossos ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- TAURINA: Taurina é um aminoácido que está relacionado com uma série de funções fisiológicas e biológicas no sistema nervoso central. Além disso, a falta desse aminoácido está relacionado a disfunção renal, cardiomiopatia e danos à visão, uma vez que tecidos oculares possuem, quando saudáveis, consideráveis quantidades de taurina.

Artigos recentes afirmam que a taurina pode atenuar o aumento dos níveis de colesterol total e do LDL, em indivíduos que possuem dieta hipercalórica. Além disso, produto endógeno derivado da Taurina, age na supressão do estresse oxidativo relacionado com a obesidade e a inflamação nos adipócitosDados recentes apontam a importância da taurina como suplemento adjuvante no diabetes, por atuar em complicações relacionadas com a doença como neuropatias e retinopatias.

Esse aminoácido desempenha um importante papel na manutenção da integridade celular do músculo cardíaco e esquelético, retina e do sistema nervoso central.

Benefícios:

- Aliada dos músculos

- Previne o diabetes

- Auxilia na saúde cardiovascular

- Ação diurética

- Auxilia na imunidade ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- PICOLINATO DE CROMO: O Cromo é um mineral essencial ao organismo. Os processos de refino industrial dos alimentos refinam o cromo, sendo recomendada sua suplementação. Além de ser usado no tratamento de obesidade, diabetes, colesterol e envelhecimento, o Cromo é recomendado para praticantes de exercícios físicos. Os processos de refino industrial dos alimentos refinam o cromo, sendo recomendada sua suplementação. Além de ser usado no tratamento de obesidade, diabetes, colesterol e envelhecimento, o Cromo é recomendado para praticantes de exercícios físicos.

BENEFÍCIOS:

- Abaixa o colesterol

- Ajuda na construção de massa muscular

- Aumenta o efeito da insulina

- Diminui a vontade de doces e carboidratos

- Otimiza a utilização de glicose pelo sangue ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Referência Bibliográfica: www.infinitypharma.com.br Fonte: Farmácia João Falcão

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page